17 Comments

  1. 10

    Rogerio Costa

    Muito, muito interessante e saudoso.

    E bom saber da vida de pessoas que tao positivamente influenciaram o desporto, e a vida em geral , do nosso LM – Obrigado Dave por ter ajudado o desporto de LM e pela sua vontade de compartilhar de sua vida no Big Slam. Em relacao ao seu Portugues ele se entende muito bem e e muito agradavel ver pessoas de outras nationalidades quererem se expressar em Portugues, tanto mais que no Texas o Espanhol e tao falado.

    E notavel que duma base populacional do desporto de basketball tao reduzida saissem jogadores e equipas tao boas, tendo em conta que o baketball nao e um desporto de primeiro plano dos portugueses que derigem a maior parte das energias para o football.
    E minha opiniao de que o ambiente desportivo que existia em LM em geral e muito especialmente a participacao de jogadores e tecnicos Americanos elevou o desporto de basketball a um nivel de excelencia muito elevado.

    Eu nao joguei basketball mas acho que seria interessante que quem tem conhecimento intimo da historia do basketball de LM, e tambem de demais atividades desportivas, recordassem para a posteriodade a sua historia. Em forma de livro seria o ideal, ou em forma descriptive “on line” . O GrandSlam e um veihiculo ideal para coletar os detalhes relevantes a tal ptojeto. Agora e a hora pois a idade nao perdoa quer em permanencia quer pela capacidade de recordar todos os pormenores. Sendo que memoria e muito subjetiva e selectiva talvez que cada capitulo fosse de autoria de diversas pessoas com uma responsavel pela coordenacao e revisao editorial. Este projeto seria ideal para uma tese de doutoramento como o Dave fez.

    Queria ultimamente agradecer ao Samuel a dedicacao em providenciar a plataforma de encontro no GreatSlam.

    Obrigado a todos
    Roger
    PS – As minhas desculpas pelas deficiencias do meu Portugues pois nao o uso com regularidade ha muitos tempo, precisamente ha 40 anos.

    Reply
    1. 10.1

      Samuel Carvalho

      Caro Rogério Costa,
      Uma excelente ideia essa de se fazer um livro com a história do basquetebol moçambicano até à independência de Moçambique. Penso que fica só a faltar o mais importante, que haja alguém que queira por mãos à obra. De qualquer forma aqui fica lançado o seu desafio.
      Obrigado pelo seu comentário e apareça sempre neste nosso “Ponto de Encontro”!
      Bem haja!

      Reply
  2. 9

    Luis Almeida

    BIG COACH, FOI UMA GRANDE HONRA E UMA SORTE TÊ-LO TIDO COMO TREINADOR, POIS APRENDI MAIS E MELHOR MESMO POR COMPARAÇÃO COM UM TREINADOR AMERICANO, EM 1968-1969, QUANDO, COM 18 ANOS VIM DE MOÇAMBIQUE JOGAR PARA A ACADÉMICA DE COIMBRA (ONDE O BAGANHA E O GUI JOGAVAM TAMBÉM..), DE NOME JOHN SMITH,
    FICO-LHE MUITO AGRADECIDO POR SEMPRE QUE FALA SOBRE O BASQUETEBOL DE MOÇAMBIQUE, ME DISTINGUIR COM PALAVRAS ELOGIOSAS E ESPERO PODER CONTINUAR A SABER DE SI, QUANTO MAIS NÃO SEJA, ATRAVÉS DESTA OBRA BRILHANTE DO SAMUEL DE CARVALHO E DO SEU CORAÇÃO ENORME. UM SUPER-ABRAÇO MISTER…

    Reply
  3. 8

    Dave Adkins

    Samuel y JAF – Obrigado pelo meu día no calor do sol Africano (Big Slam). Acho que tenho

    dominado los comentarios da entrevista. . Vou desaparecer agora. Dave Adkins

    pd. Tenho iniciado um nuevo sitio blog. A endereço está escrita a cimo. . Invito todos da

    malta para visitá-lo com frequencia. .

    Reply
  4. 7

    Luíz Oliveira

    Bons tempos Mr. Dave
    Quando me conheceu já eu não estava em forma
    Isso foi no tempo de Mr. Bowers
    Que aconteceu ao Bill?
    Muito novo
    Luíz Oliveira
    Abraço

    Reply
    1. 7.1

      Dave Adkins

      Olá Luiz – obrigado pelo comentario. . Edd Bowers morreu em 2008 e Bill também faleceu – em 2013 à idade de 59. Entendo, em 71-72 Luis esteve preocupado com a tropa. .

      Reply
      1. 7.1.1

        Luíz Oliveira

        Mr. Dave
        Já faleceram alguns
        Quen Gui, Carlos Neves , Mota Lopes
        É a Vida
        Um Abraço
        Penso que Mr.Dave foi o treinador (Americano) mais completo que apareceu em L.M.

        Reply
        1. 7.1.1.1

          Luíz Oliveira

          Americano que mais gostei de ver jogar
          Dale Dover
          LF

          Reply
  5. 6

    sandra moura

    Amei obg Samuel, e adorei ver uma foto com meu pai,,,,, viajei ao passado por minutos, muitoobg

    Reply
    1. 6.1

      Dave Adkins

      Obrigado, Sandra. Recordo que voce foi a Luanda e assistiu o Campeonato Nacional de ’73 em Luanda. Sim, o seu pai era importantissimo na fortuna de SCLM. Um abraço. . Dave A.

      Reply
    2. 6.2

      Samuel Carvalho

      Olá Sandra, há muito que não tinha notícias tuas.
      O teu pai – Domingos Moura foi um grande dirigente do desporto moçambicano e de quem os simpatizantes do Sporting LM muito se devem orgulhar.
      Aparece sempre neste nosso “Ponto de Encontro”.
      Aquele abraço.

      Reply
  6. 4

    José Mota

    Também tive a honra e o prazer de conhecer pessoalmente e de ser treinado na Académica pelo “coach” Dave, na época 1971/72, com 20 anos, vindo dos juniores.

    Tinha consciência de não possuir as aptidões e condições necessárias para ser jogador da primeira equipe, mas o meu gosto pela modalidade e pela prática desportiva fizeram-me “andar por lá” … . Nem por isso o Dave me marginalizou ou deixou de me proporcionar as oportunidades possíveis. Deu-me mesmo os parabéns pelos 2 únicos pontos que marquei pelos seniores da Académica, contra o Malhangalene.

    Fiquei admirador da sua simplicidade, humanismo, profissionalismo e elevado carácter. Mas também me apercebi da sua “frustração” com a necessidade de “inventar” soluções e adaptar os seus conhecimentos de treinador a uma realidade totalmente diferente daquela onde se tinha preparado.

    As precárias condições de trabalho, … a baixa qualidade média e falta de empenho dos jogadores nos treinos, relativamente ao que esperava e pretendia deles, … o amadorismo que por vezes se percebia que o irritava, mas nunca lhe tirava a calma, … o desânimo quando queria levar as coisas mais a sério e o grupo não correspondia … .

    Penso que sentiu grandes dificuldades em perceber a nossa mentalidade e em adaptar-se a ela. Mas com a sua inteligência, humildade, sabedoria, trabalho metódico e dedicação, foi capaz de se integrar rapidamente, assim como naturalmente se apaixonou por aquelas terras e pelo ambiente que lá se vivia. O que actualmente venho confirmando através do seu acompanhamento e presença regulares no BigSlam.

    Bem-haja Dave! Continuo a admirá-lo e tenho de reconhecer que uma parte da minha formação … não só desportiva, também se deve a si.. OBRIGADO!!!

    Reply
    1. 4.1

      Dave Adkins

      José – obrigado pelos comentários. . sím, a minha frustação tinha que ver com a ausencia dos jogadores de Academica dos treinos e dos jogos. . . verdade foi que a guerra no norte interrompía o seu interesse e a sua participação em basquete e afectou todos os clubes. Tratei de adaptarme a algo na historia de Moçambique e Portugal mas grande que baloncesto. As expectativas do clube AA em basquete com o yanqui treinador ficaram, mas os jogadores foram ao norte para servir o seu pais. As vezes, dirigi treinos no campo de Clube Coimbra com só um jogador ou dois, además do vento. Uma chave do campeonato de Sporting em 73 foi a habilidade da administração de Sporting a arranjar a presencia de Luis Almeida e Ramão na equipe em Luanda durante a semana do torneo. . Puseram um lado os seus rifles para jogar no campeonato durante uma semana e jogaram muito bem.

      Reply
  7. 3

    Dave Adkins

    P.D.

    Na foto do Yanqui sentado com a bola de basquete à secretaria em frente do computador – à esquerda do computador na parede está uma foto do Fernando Pessoa (é difícil ver a foto) à mesa do Café Martinho fumando (claro) e tomando uma bica. Ou talvez foi o Alvaro de Campos. Tenho passado bastante tempo lendo sobre a vida do Sr. Pessoa e da sua morte tragíca.

    Reply
  8. 2

    Wanda Serra

    BIGSLAM DO SAMUEL E’ ASSIM SEMPRE EM CIMA DO ACONTECIMENTO ……..

    MTO MTO DO MEU AGRADO !!!

    Reply
  9. 1

    Dave Adkins

    Êpa. JAF é um jornalista superior e super-profissional e Big Slam um sitio web super-valioso, como o vinculo de ouro ao passado de basquete de LM. Não posso imaginar como o JAF e Big Slam de Samuel indagaram á procura de tantas informações e fotos. É incrível! Muito obrigado e kanimambo. . Me sinto muito humilde. Dave A.

    Reply

Se não tiver Facebook comente aqui!

© BigSlam 2016 - Todos os direitos reservados.