8 Comments

  1. 4

    Maria de Fátima Santos Costa Barata

    Tenho imensas recordações muito felizes de miúda, acampava no verão com os meus pais irmãos e a minha Avó Eduarda na Malongane, o parque de campismo era metido dentro da mata com uma flora de cheiro muito denso e intenso maravilhoso, partilhamos este espaço mágico com várias espécies de macacos, e há noite adormecíamos com os sons fantásticos dessa fauna. A areia era fabulosa, conseguíamos percorrer com o olhar o imenso areal até quase á Ponta do Ouro, estando de costas para o mar, víamos dunas e uma casa lindissima (que creio que era das manas Letras que se passeavam de buggy ou de Jeep quando lá estavam)
    O Cheiro da água salgada misturava com o cheiro intenso furtado e denso que vinha da mata que ladeava toda a costa lembro-me de estar na praia e termos que ter cuidado com os tubarões que na maré baixa passavam, uma barreira de protecção natural de rochas e vinham até à beira mar à babujem degustar os cardumes de peixes que por ali andavam, às vezes ficava um ou outro preso no areal. De manhã muito cedo viam-se os golfinhos que passavam desde à Ponta do Ouro junto à costa como que a limpar a praia dos tubarões que ali habitavam.
    Todas estas recordações surgem no meu Mundo Emocional cheias de imagens vivas de gritos de miudagem das conversa dos pais e dos pescadores de cana que por ali estavam acompanhadas por uma banda sonora do som dos buggys e jeep que passavam na praia edo som dos barcos de recreio e dos pescadores sul africanos que faziam pesca comercial e desportiva aos tubarões.
    Agradeço aos meus Pais José Maria e Maria Luisa e a minha querida Avó Eduarda que sempre nos acompanhou e mim e aos meus 3 irmão, terem-me proporcionado esta vivência tão rica e fabulosa que guardo no coração As férias de verão foram sempre fabulosas quer na Malongane, quer no Bilene quer em Vilanculos e Inhanbane.

    Fátima Santos Costa

    Reply
    1. 4.1

      Admin

      Parabéns Maria Fátima Barata pelo seu relato de recordações inesquecíveis da sua infância, passadas nesta mítica praia do Sul de Moçambique.
      Apareça sempre neste nosso “Ponto de Encontro”! – http://www.bigslam.pt

      Reply
  2. 3

    Jorge Martins

    Surpreendido com a evolucao da Ponta do Ouro. Estou presentemente envolvido nas obras de electrificacao na nova estrada de Maputo para a Ponta do Ouro, Bela Vista, etc, e de certo que farei varias visitas a Ponta do Ouro. Para quem nao sabe ainda, a nova ponte de Maputo para a Katembe, e com ligacao directa para a Ponte do Ouro, esta agora a arrancar de momento. Quem quizer saber mais noticias acerca deste projecto da nova circular de 70 e tal kms a volta do Maputo, e so avisar!! Um abraco e boas ferias na Ponta do Ouro!!!

    Reply
    1. 3.1

      maria rodrigues

      Saudades imensas da minha terra e um sonho enorme de um aí poder voltar. Vivi até 74, altura em que muitos regressaram de vez e lá deixaram aquilo que de belo ainda resta, neste caso em Moçambique. Estou neste momento a lecionar em Portugal, no ensino secundário, no quadro da F. P. e é muito isso que me prende aqui :(. São cada vez mais os portugueses que deixam Portugal com destino a África, em particular, para Angola e Moçambique. Apesar de ter regressado a Portugal tenho ainda bem presentes algumas paragens e vivências da “minha terra” tais como as idas à Namaacha, um passeio com os meus pais a Inhambane, a FACIM, a linda igreja da Polana, a casa de ferro, situada na altura junto ao Hotel Colonial, a elegante Sé Catedral, o antigo Liceu António Enes, a laurentina e as tampinhas de amendoins, um mar sem fim, de águas calmas e límpidas, e tantas outras coisas boas, bem como as amplas e rasgadas avenidas ladeadas pelos belos Jacarandás rubros. Se este meu mail encontrar o seu destinatário, quem sabe eu ainda possa receber da minha terra natal, a cidade que já não conheço desde 1974, algumas notícias agradáveis.

      Um muito obrigada pelos momentos que dedicou a estas simples palavras e um abraço…
      de Portugal / Cidade do Liz.

      Reply
    2. 3.2

      Américo Jesus

      Adorei este local ,brevemente lá estarei,tenho um terreno na catembe onde irão fazer a cidadela ,para depois construir mas enquanto nano arrancarem com as obras da ponte estou parado ,entretanto temos uma empresa de construção de casas modulares de rápida execução para construirmos na ponta do ouro.

      Reply
    3. 3.3

      Maysa Romualdo

      Olá Jorge Martins, estou procurando maiores informações para chegar à Ponta do Ouro, saindo de Maputo. Gostaria de saber mais do projecto que você citou à cima.

      Reply
  3. 2

    clara van zeller

    PONTA DE OURO….Que saudades desta belissíma praia de águas cálidas de azul único e transparente. Passeei por estas areias brancas, finas e quentes, longe das aulas, devagar devagarinho, parando aqui e ali para apanhar uma concha ou mesmo refrescar-me nas suas
    águas. Guardo estes momentos preciosos, na memória, como pérolas fechadas na sua concha.
    Que paz, que tranquilidade…

    Reply
  4. 1

    Wanda Serra

    Wanda Serra

    Fabulosa sem dúvida a evoluçao da Pta do Ouro

    Mas a Ponta do Ouro selvagem para mim era simplesmente maravilhosa ……..

    Wanda

    Reply

Se não tiver Facebook comente aqui!

© BigSlam 2016 - Todos os direitos reservados.