Um Comentário

  1. 1

    Augusto Martins

    Estive a reler, mais uma vez, o seu KAIA ÁFRICA, para voltar a reviver uma parte substancial da minha adolescência no mesmo paraíso em que também tive a felicidade de nascer e viver…..

    E, mais uma vez, tive a certeza que, com o rigor fotográfico da narrativa, devo ter viajado, algumas vezes, na mesma carruagem do mesmo comboio em que a autora também viajava entre as Mahotas e Lourenço Marques.

    E esse passeio pela minha memória, fez-me recordar alguns dos meus companheiros dessas viagens, entre os quais estão os nomes da Lisete Nunes e do irmão Vítor, da Odete Monteiro e do irmão Mário, da Milú e Irmã, do José Botelho e Irmãos, da Lucinda Abreu e Irmão, do António Piçarra e Irmão, e alguns mais, que foram meus companheiros e alguns deles colegas de turma no Liceu Salazar, entre 1953 e 1960.

    Agradeço o rigor das suas descrições dos locais e do pormenor da vivência e da realidade duma época que em tive a felicidade de viver.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2021 - Todos os direitos reservados.