3 Comentários

  1. 2

    Paulo JF Craveiro

    Obrigado Samuel Carvalho, pela oportuna partilha!
    Obrigado Eduardo Monteiro, pelo oportuno e minucioso artigo!
    Obrigado Cristiano Ronaldo, pelo exemplo do imenso querer!
    Obrigado LeBron James, pela grandiosidade do imenso querer!
    O invisível tornado exemplo, por um imenso querer de dois extraordinários e magnânimos desportistas!

    Responder
  2. 1

    Braga Borges

    Curiosa, esta analogia. Se me permitem, e para enriquecer ainda mais, penso eu, este brilhante artigo, dizer-vos que ambos, CR7 e Le Bron James, e já agora também o pugilista Floyd Mayweather, submetem-se a um tratamento chamado, crioterapia. Neste caso os atletas fecham-se numa cápsula, ficando com a cabeça de fora. Colocam-se umas luvas e umas meias especiais, para não congelar as extremidades. E depois é-se vaporizado com nitrogénio a uma temperatura, cerca de 170 graus negativos durante três minutos. Este é um processo muito utilizado por atletas sujeitos a enormes desgastes físicos, e que pretendem uma recuperação muscular rápida mas eficiente. Que é o caso destes atletas.

    O que aqui escrevi, eu que até há pouco tempo desconhecia por completo o que era a crioterapia, retirei dum artigo de Luis Pedro Nunes, do jornal Expresso. Li-o há tempos. Quando li o artigo do BigSlam, resolvi acrescentar algo que pudesse ser uma mais valia. Se sim, tudo bem. Caso contrário, as minhas desculpas.

    Responder
    1. 1.1

      BigSlam

      Caro Braga Borges, grato pelo teu comentário, pois é mais uma achega que enriquece este artigo sobre as duas estrelas do desporto mundial.
      Aquele abraço e vamos-nos vendo por aqui no nosso “Ponto de Encontro!” – https://www.bigslam.pt
      Para quem quiser ficar a saber mais sobre a crioterapia, aqui vai um link: https://lifestyle.sapo.pt/saude/fitness/artigos/o-que-e-a-crioterapia-e-para-que-serve

      Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.