8 Comentários

  1. 6

    Fu Manjate

    Não me admira que não esteja de acordo que tenham sido atitudes puramente racistas, afinal você até está do outro lado da barricada…! Você não é o Marega, nem nunca será alvo dessas discriminações portanto é lhe fácil tirar esse tipo de conclusões. Enfim se a sua opinião é mesmo de boa fé lamento por si porque nunca terá essa experiência da vivência quotidiana dos africanos negros em Portugal. Aquilo que o sr diz: “O racismo normalmente não é dirigido a uma pessoa mas sim a uma raça. ” Honestamente não entendo e acredito que por muito que tente explicar-se duvido que haja alguém que possa entender o que quer que diga tendo por base aquela sua afirmação. Enfim…fico-me com esta tristeza de ver justificações para justificar o injustificável.

    Responder
  2. 5

    miza luis

    Gostaria de acreditar k no futebol nao ha jogadores choroes……mas pelos vistos ha. Teatro, nao e n1 campo de futebol, ha 1 aproveitamento politico, claro k ha, mas nao so, eu nem sabia kem era esse Sr Marenga, agora dpois desta cadeira k caiu do ceu, dakeles bracos pro ar, fikei a saber……..chama-se a xto, oportunismo de momento, bem adequado e daki ainda vai saltar p/1 outro Clube k lhe pague mais…..vao ver. So faltou k alguem lhe levasse 1 lenco……….p/afagar as lagrimas……….AhAhAh

    Responder
  3. 4

    MARIA MANUELA ANTUNES GALVÃO DE ALMEIDA

    Nasci num País onde inevitavvemente havia os racistas e os não racistas.Lembro-me de brincar com crianças de várias cores.Lembro-me do respeito que sempre recebi pela maioria do povo da minha terra!Lembro-me de ouvir frases como:_Ó seu preto!Não me lembro de ouvir_Ó seu branco.Tenho em casa um quadro com a fotografia do Grupo Desportivo de Lourenço Marques de 1958 (Juniores) onde estão 4 brancos (um deles é o meu marido) e os restantes jogadores são de diversas cores.E nada mais digo!

    Responder
  4. 3

    Raul Almeida

    A minha opinião pessoal, discutível como as outras, é que o objetivo da clack era desestabilizar o Marega e conseguiram.
    O racismo normalmente não é dirigido a uma pessoa mas sim a uma raça. Isso não aconteceu no jogo.
    Não estou de acordo que os serviços de informação digam que houve insultos racistas, primeiro porque o insulto é o que se sente e não a provocação e segundo porque “racista” é o adjetivo qualificativo que deve ser deixado ao critério do ouvinte ou telespectador. Os serviços de informação só têm que descrever os factos.
    Concordo com os que dizem que houve um aproveitamento político.

    Responder
    1. 3.1

      Fu Manjate

      KKKKK…Vá dizer isso ao Marega, ao Pinto da Costa e a todos que vivem esse problema no seu dia a dia.!

      Responder
  5. 2

    Mariosk

    O racismo em Portugal existe, mas é difuso e de difícil percepção. Não é tanto físico como em outros países, mas é inegável.
    É justamente no desporto onde ele está mais ausente, mas na sociedade portuguesa e nas bancadas, só não vê quem não quer.

    Responder
  6. 1

    Fernando Fonseca

    Política. Se chamarem chimpanzé a um branco é o quê?

    Responder
    1. 1.1

      Fu Manjate

      Algumas perguntas são tão descabidas e ridículas que só apetece rir…! Sem comentários

      Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.