10 Comentários

  1. 9

    Rui

    verdadeiramente uma trizteza ver esta noticia de um lugar onde os pobres animais nada tem e tiverama ver com o roubo que Mocambique fez a nos que la vivemos com a colaboracao dos traidores de Portugal. Uma surpresa …… de admirar que durou 49 anos para aqui falir……. mas sabesse la q quanto tempo os pobres bichos ja vao sofrendo… Para nos mofanos / mofanas de Lco Marques, fica connosco a recordacao dos famosos palhacos de domingo a tarde….PEPITO E PRIMO. Ainda me lebro de um ano ter havido um acidente durante provas de automobilismo na pista da Costa do Sol que ceifou a vida a muitos amigos meus que viviam na Malhangalene, e o PEPITO ndou de luto por muiito tempo em veneracao pelos mofanos que perderam a vida. Era assim naquela cidade quaze todos Mosquiterios…. um por todos, todos por um……

    Responder
  2. 8

    Jose Sousa

    Nada é verdadeiramente de admirar pois com governos constituidos por gente destituida de principios, com fraquissimas qualificações, propensos para a autocracia e autenticos trogloditas, os resultados estão bem à vista em tudo o que quer que seja. Moçambique é presentemente um país politica, economica e socialmente falhado e, lamentávelmente condenado à miséria e ao obscurantismo.
    Jose Sousa.

    Responder
  3. 7

    Tomané Alves

    Simplesmente TÉTRICO E CHOCANTE, mas longe de surpreendente! Para toda aquele espaço (fossos, jaulas etc…) ocorre-me uma ocupação que certamente alegraria muito do povo Moçambicano, também ele triste, faminto e abandonado ao seu triste destino por quem os dirige

    Responder
  4. 6

    Luis 'Manduca' Russell

    Outra grande tristeza é saber que a icónica piscina de 33,3 metros x 25 jardas (dimensões olímpicas, expoente máximo da altura) do Desportivo foi desmantelada por motivos de negócio/falência/sobrevivência… e o Bairro do Jardim e outros equipamentos e infraestruturas são ruínas fantasmas do que foram… e que os filhos e as filhas e os netos e as netas dos meus amigos e das minhas amigas africano(a)s continuam descalços e esfarrapados, quase meio século volvido… Para que foi tudo aquilo? Por que motivo expulsaram cidadãs e cidadãos nascido(a)s naquela terra, pacífico(a)s, trabalhadore(a)s, contribuintes, só porque mantiveram a nacionalidade portuguesa a par da nacionalidade moçambicana? Para que servem todas estas coisas que nós, seres humanos, fazemos, se tivermos poder e nos puserem armas e dinheiro na mão? Vou morrer sem perceber nada deste mundo…

    Responder
  5. 5

    José Martins

    Não haja quaisquer dúvidas que assim sucedeu. Oh Moçambique, quem te viu e quem te vê.
    Tragédia anunciada!!! 😢

    Responder
  6. 4

    José Miguel Rodrigues

    Tristeza é mesmo para chorar, quem conheceu este Jardim Zoológico antes de 1976.
    Enfim restam as memórias.
    José Miguel

    Responder
  7. 3

    Luis 'Manduca' Russell

    Na minha infância morei na Avenida de Moçambique (km 14) e no Bairro do Jardim e passei muito do meu tempo no Jardim Zoológico a brincar com o filho do diretor e com os nossos amiguinhos, filhos dos funcionários. Não consigo conter as lágrimas nos olhos…

    Responder
  8. 2

    ricardoquintino@netcabo.pt

    Tristeza imensa de ver ao que chegou o estado deplorável do antigo Jardim Zoológico Laurentino. Não me custa acreditar que alguns dos animais tenham sido comidos pela população circundante esfomeada no pós independência. Cala-te boca que ainda te chamam reaccionário … 🙈🙉🙊

    Responder
  9. 1

    Isabel

    Muito triste.
    Era o passeio habitual de domingo à tarde com a nossa mãe.
    O lanche nunca faltava! E bem que nos sabia! 🥰
    Depois, vinham os concursos para as crianças! Quase sempre participava! 🥰
    Boas recordações! ❤️🌴🌴🌴

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2024 - Todos os direitos reservados.

error: O conteúdo está protegido.