3 Comentários

  1. 2

    Zulfi Amade

    Esta cancao faz-me recordar o Fernando, Mateus e o Joaquim de uma pequena aldeia chamada Jangamo (ao pe de Inhambane) onde eu ia de ferias no Verao.
    Jogavamos futebol num campo que ali havia e no intervalo eu tinha o meu lanche e via os 3 sem lanche e naturalmente com fome.
    Eu perguntava ao Joaquim, o mais velho como haveria de fazer pois nao tinha o suficiente para partilhar entre os quatro.
    E ele dizia: come tu que amanha trago-te um pouco de fruta e assim puderas partilhar o teu lanche conosco…
    Uns longos anos mais tarde tive a oportunidade de viajar de onde estou em Londres para Maputo e dali para Jangamo.
    Chega um velhote curioso e pergunta, donde que voce e e eu ainda me recordava de algumas palavras em Bitonga (lingua local) e ele entao disse-me que esperasse ai…
    Dentro de poucos apareceu ele com um gramafone e um grupo de pessoas com fruta e mais o que pudiam aos quais muitos se juntaram e la estivemos a dancar todos contentes no meio da rua pelo resto da tarde…
    Saudades meus amigos e Terra da Boa Gente sem duvida!!!

    Responder
    1. 2.1

      Maria Irene Paiva

      👏👏❤️ e Boas Festas🎄

      Responder
  2. 1

    Manuel Martins Terra

    Um tema musical muito bem concebido e que nos remete ao quotidiano de muitos jovens moçambicanos, que sofrem na pele as agruras de uma infância espinhosa, que os homens que têm o poder tentam não ver. São os pequenos heróis deste mundo cão, e que desde pequenos aprendem a tentar superar as injustiças de que por vezes são alvo. Parabéns ao Sr. Bow, pelo seu exemplo de vida.

    Responder

Deixe o seu Comentário a Manuel Martins Terra Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2021 - Todos os direitos reservados.

error: Content is protected !!