2 Comentários

  1. 2

    Manuel Martins Terra

    No Bairro da Munhuana, não havia ninguém que não conhecesse José Craveirinha. Um homem afável e compreensivo, que tantas vezes nos concedeu espaços, quando transitava pelos passeios da av. Luciano Cordeiro, para não interromper as nossas jogatanas de basquetebol de rua. Uma figura marcante da literatura moçambicana e que viveu intensamente uma vida ligada a movimentos associativos e políticos. Com toda a justiça,foi o primeiro autor africano a ser galardoado com o Prémio Camões. Para além da sua actividade literária, José Craveirinha, foi também um exímio desportista, pai do grande valor do atletismo chamado Stélio Craveirinha. Paz à sua alma.

    Responder
  2. 1

    Carlos Hidalgo Pinto

    O escritor José Craveirinha tem uma estátua em Aljezur, localidade onde nasceu o seu pai e que é uma zona bastante interessante. A várzea de Aljezur estava rodeada de campos de cereais, há uns decénios atrás. As praias de Aljezur são um encanto. José Craveirinha e os seus filhos têm, nesta localidade, familiares que ainda aí residem. Os aspectos telúricos de Aljezur, com o seu Castelo, situado no cimo de uma colina, proporcionam a qualquer visitante, uma vista ampla sobre o belo horizonte desta soberba Costa Vicentina.É terra de bons peixe, marisco e de batata doce.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.