6 Comentários

  1. 6

    Julio

    Amigo Pierre
    Li o texto com vivo interesse, não só pela beleza da escrita, mas pela forte mensagem que encerra. Mais do que comentar de forma apressada, o conteúdo seria matéria para muitos e grandes debates. Fico-me pelos Meus sinceros parabéns. Vai um forte abraço. Tenho a esperança de que um dia vais publicar, senão um livro, pelo menos uma coletania dos teus escritos. A não ser assim, seria uma grande pena…

    Responder
  2. 5

    Vitor Ferreira

    Segundo me dizem o Alto Mae já era .
    Tudo era , agora já não é .
    Só ficou o cheiro e as lembranças.
    Bem hajam

    Responder
  3. 4

    Fernando Vieira

    Ao meu grande amigo e companheiro Pierre os meus sinceros parabéns pela bela prosa que nos fez lembrar os “bons velhos tempos” da nossa juventude!! Não frequentei estes chãos porque me considero “velho colono Xai-Xaiense” mas os “chãos”, esses, eram idênticos ! Grande abraço.

    Responder
  4. 3

    f.ramos34@hotmail.com

    Vivi no Mucumula, que muitos confundem com a Mafalala por estar a ela ligado e ser um bairro muito pequeno. Veio á memória toda aquela área, desde o antigo posto de polícia á entrada das lagoas ( junto á Caldas Xavier ) até á Av. de Angola. Bons tempos de mufana, que tantas saudades me trazem…

    Responder
  5. 2

    Adalberto Mendes

    Excelente…retrata com fidelidade… parabéns
    Adalberto Mendes

    Responder
  6. 1

    Tony Brassard

    Gostei do teu texto Pierre, e só quem viveu e passou por aqueles momentos que descreves, poderá lembrar-se do calor e do cheiro da nossa terra,e que tantas saudades nos trazem, para além das muitas recordações da nossa linda infância. Abraços.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.