5 Comentários

  1. 4

    José Marques da Cruz

    Esta história já foi desmentida em diversas publicações.

    Factos:

    1) Aurélio Pereira, no seu recente livro “Ver para Crer”, não faz referência a qualquer acontecimento deste tipo, antes aos factos que o levaram a ver Cristiano Ronaldo, pela primeira vez, que veio referenciado por um dirigente do Sporting que vivia na Ilha.

    2) Caso tivesse havido dois jogadores muito bons, teriam sido trazidos os dois para melhor avaliação, como se fazia à época.
    Ou ter-se-ia mantido a vigilância sobre o “outro” jogador. Nunca nada foi referido sobre isto ou algo parecido.

    3) Nunca se recrutam jogadores na base de “quem marcar mais golos”.
    Os jogadores passíveis de interessar são acompanhados e observados por olheiros e, só depois, o responsável principal se desloca ao local (ou recebe o garoto para um treino de avaliação) para ver com os seus próprios olhos. E, neste caso, o Sporting pagou a viagem ao Cristiano para vir a Lisboa fazer uns treinos.

    4) Ronaldo veio para o Sporting ainda na idade de infantil (11 anos).
    Nessa altura, já era um jogador potencialmente interessante e Aurélio Pereira vai vê-lo treinar, de propósito, em Alvalade (após ter sido enviado da Madeira para essa observação). E afirma que o desempenho de Ronaldo foi logo indicador de que seria um bom jogador. Nesses treinos, Cristiano Ronaldo passou por 2 e 3 jogadores, mais velhos do que ele, e deu indicações claras da sua qualidade. Quer Aurélio Pereira, quer os restantes elementos do Sporting, que o observaram, ficaram sem dúvidas quanto à qualidade do miúdo.

    5) O Clube de Ronaldo era o Nacional da Madeira, que devia dinheiro ao Sporting e não podia inscrever jogadores, tendo trocado essa dívida pela transferência.
    O Sporting achou que o valor da dívida (4.500 contos, creio) era demasiado para um jogador tão novo.
    Aurélio Pereira não teve essas dúvidas após o ter visto jogar. E, como já atrás referido, foi especificamente ver Ronaldo e não um grupo de jogadores.
    E foi um Sportinguista da Madeira que recomendou CR e tratou da sua viagem para Lisboa.

    Nada do que acima se esclarece diminui a faceta solidária de Cristiano Ronaldo.
    Já confirmada por muitos, incluindo antigos colegas da formação.

    Responder
  2. 3

    Zulfi Amade

    E sem grandes discursos para anunciar, tem contribuído bastante para o melhoramento de vida dos Palestinianos que pelo qual tem tido de sofrer bastante crítica…

    Responder
    1. 3.1

      Luiz Branco

      E a vida desses seria bem melhor se corressem com os terroristas do Hamas de lá para fora caso contrário nunca vai haver caridade que chegue

      Responder
  3. 2

    chyttollo boy

    Digno de um filme.

    Responder
  4. 1

    esmeralda.rua.denys@gmail.com

    Desse ser humano tão válido em todos os aspetos, não é nada de admirar!

    Responder

Deixe o seu Comentário a Zulfi Amade Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2021 - Todos os direitos reservados.

error: Content is protected !!