3 Comentários

  1. 3

    Paulo Carvalho

    O Repinga, foi na sua época, um invulgar corredor de fundo! O Fausto Archer, que até ao aparecimento do Repinga, era o crónico vencedor das corridas de fundo, certa vez, ao fazer um esforço para além dos seus limites, para vencer o Repinga, em vez de se deslocar para a frente, começou a recuar até cair julgo, que inanimado!…

    Responder
  2. 2

    Camilo da Costa

    Grande Corredor de Fundo e Meio – Fundo Moçambicano e ainda por cima do Ferroviário.
    Era vê-lo a Treinar e Correr pelas Ruas da Capital…, e com a sua Respiração Única ….Um Saudoso Abraço e Muita Paz e Luz á sua Alma .

    Responder
  3. 1

    Manuel Martins Terra

    O António Repinga, era um corredor de fundo de excelência, que correu num tempo de pleno amadorismo. Hoje, tudo seria bem diferente e creio que o seu nome faria correr muita tinta. Habituei-me a vê-lo correr a tradicional Légua da 24 de Julho, a partir do Jardim 28 de Maio. Já por lá passava com um avanço significativo sobre os restantes participantes, sem sinais de cansaço. Recordo os incentivos, secundados por fortes aplausos. Quando cortava a meta junto ao Restaurante Piripiri, o António, bem poderia se sentar na esplanada e beber uma cerveja bem descansado, até surgirem os seus colegas de competição a suarem as estopinhas. Não merecia aquele acidente trágico, que lhe roubou a vida. António Repinga, era uma força da natureza.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2021 - Todos os direitos reservados.

error: O conteúdo está protegido.