5 Comentários

  1. 4

    Gaby Papadópulos Granito

    Luís, Luís de Magalhães.
    Muitos parabéns pelos teus feitos. És mesmo malta de Mocambique, terra da boa gente.
    Já agora, gostaria contactar com a Carminho, tua irmã. Meu email gaby. granito@gmail.com

    Grande bji Gaby

    Responder
  2. 3

    Manuel Martins Terra

    tive a oportunidade de ver o jogo pela televisão e diga-se de passagem que o Sporting Clube de Portugal, foi um justo vencedor. É verdade que até ao intervalo, não esteve ao seu melhor, permitindo que o FC do Porto entrasse com maior asserto . O período de intervalo foi positivo para os “leões” que acertaram as ideias e paulatinamente entraram a defender melhor e a obstruírem as transições da formação do FC do Porto, que foi descaindo . Efetivamente, não ganha quem começa melhor, mas sim quem acabem bem. Parabéns. ao SC de Portugal que recuperou um troféu que já não entrava no museu vai para 40 anos, depois daquela lendária equipa da Legião Moçambicana, ter vincado a sua classe em Portugal. Parabéns ao Sporting, ao seu treinador moçambicano Luís de Magalhães e aos basquetebolistas Pedro Ventura, Francisco Amiel, filhos de desportistas moçambicanos e ao jovem moçambicano , Jeremias Manjate, descoberto pelo meu amigo “.Fernandinho”um sportinguista de sete ,costados.

    Responder
  3. 2

    João Manuel Couto

    Como Moçambicano e Sportinguista fiquei muito feliz e orgulhoso. Obrigado Luís Magalhães e equipa do Sporting. Parabéns !!!

    Responder
  4. 1

    Ernesto Júnior

    Nesta equipe senior do Sporting Clube de Portugal vencedora da Taça de Portugal esta outro Moçambicano de nome Jeremias Manjate “Jerry” formado nas escolas de Basquetebol do Clube de DesportoS da Maxaquene antigo Sporting de L.M.
    Foi Campeao da Cidade de Maputo e Nacional em Juvenis e Juniores antes de rumar ao Basquetebol Portugues se a memoria nao me trai a cerca de 3 ou 4 anos. Essa equipe esteve desde os juvenis ate ao segundo ano de Juniores a conquistar titulos da Cidade e Nacionais de forma categorica.

    A semlhança de outros jovens dos escaloes de formaço do Maxquene o “Jerry” era quase que um filho para o Fernando Silva “Fernadinho” gestor do Departamento de Basquete do Maxquene que desde sempre viu neste jovem um potencial jogador que parece confirmar-se..

    Estao de parabens..

    Bem hajam.

    Responder
    1. 1.1

      BigSlam

      Obrigado Ernesto Júnior pela informação, desconhecia em absoluto.

      Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2020 - Todos os direitos reservados.