4 Comentários

  1. 4

    António Amorim Lopes

    Mais uma prova viva do muito que fizeram os Portugueses de Antanho naquela Terra de eleição e feitiço, que muitos de nós pudemos apreciar durante muitos anos ao vivo. Muito obrigado por mais esta maravilha que lembramos com muita saudade.

    Responder
  2. 3

    Arnaldo Pereira

    Tenho gratas recordações – embora a memória já me traia no que aos pormenores diz respeito – dos meus primeiros anos de adolescente (nos idos de 1958/1959).

    Ainda estão entre nós os meus companheiros de então – José Pedro Flores Cardoso, o Mário Munhá, o Quim Mendonça…
    São estes os que melhor recordo, das nossas tardes passadas com as filhas do então director do Observatório, e amigas.

    Actividades próprias dos jovens de 14 anos, iniciando-se nos inocentes namoricos.

    Bons tempos. Que saudade!!!!!!!

    Responder
  3. 2

    aanmu@sapo.pt

    morei bem perto do relógio da entrada do porto de L.M ou seja no Building da Capitania (edifício verde de ferro e madeira para além de cimento tinha só 3 pisos (r/c 1º e 2º andar)

    Responder
  4. 1

    Natália Rodrigues

    Trabalhei durante 3 anos na secretaria do Serviço Meteorológico de Moçambique, entre aproximadamente os anos de 1962 e 1965.

    Responder

Deixe o seu Comentário a aanmu@sapo.pt Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.