6 Comentários

  1. 6

    José Godinho

    Sensibilidade construída de realidade dura… Ficção ou… realidade?
    Retrato muito nítido.
    Um abração

    Responder
  2. 5

    Rui Gouvêa

    Como já se disse, lindo e triste. Parabéns ao seu autor .

    Responder
  3. 4

    Augusto Martins

    Parabéns pelo lindo poema, mas especialmente porque a sua maior beleza é a que retrata o sacrifício, o esforço e a tenacidade de uma criança, que se transforma no homem que consegue subir a difícil escada da vida, sozinho e à sua custa.

    Obrigado pela lição e, especialmente, PELO GRANDE EXEMPLO

    Responder
  4. 3

    Tocha Santos

    Muito bem, Vilbró. Tive que ler o teu cv para confirmar que eras o mesmo que eu conheci no LEM em 1972-75 (?), apesar do teu nome não ser nada vulgar. A que nos levou a Diáspora! Abraço e saúde!

    Responder
  5. 2

    Luis Lidington

    GOSTEI! Grande Abraço, Pierre.
    Do Amigo
    Luis Alberto Lidington

    Responder
  6. 1

    Anibal Da Silva

    kanimambo kokwana, espero que este lindo poema chegue aos meninos e meninas da Mafalala e do Xipamanine.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2018 - Todos os direitos reservados.