11 Comentários

  1. 11

    Maria Perez

    Só não gostei de ver lixo na rua, pois foi sempre uma cidade limpa e maravilhosa, e os moluscos hum água na boca. Mas fico-me interrogando se alguma vez fui verdadeiramente feliz? Nem cá nem lá – Só momentos em 60 anos que já lá vão. Será para isto que estamos cá? Espero bem mais num futuro próximo……………….
    Detetado ou parece? Não. Se está a ser escrito agora são sentimentos presentes OK?

    Responder
  2. 10

    Manuel Martins Terra

    Samuel, bonitas imagens de tantos locais que ainda estão na nossa memórias como flashes inapagáveis, que marcaram a nossa juventude e que nos parecem falar. Adorei, rever as fotos da nossa EIMA, com tudo tão real e por momentos quase ainda me senti aluno. Aquela escola tem um pouco de todos nós, e que será para sempre recordada. Um abraço.

    Responder
  3. 9

    Basílio Pinto Gomes

    MANINGUE TCHUNGUILA. KANIMAMBO

    ADOREI.

    Responder
  4. 8

    Luischang31@gmail.com

    Gostei adorei de ver a grande reportagem fotográfica da cidade de Maputo, um trabalho bem executado pelos elementos do BigSlam. Vieram lágrimas aos olhos ao ver a bela cidade. É de destacar alguns locais em degradação total, infelizmente. Mas o nosso Bazar com todos os legumes frescos, as Ameijoas, o Caranguejo daquele tamanho só na minha Terra. Saudade, saudade
    Viva Moçambique.

    Responder
  5. 7

    LUIS Pedro Sá e Melo

    Excelente passeio Samuel, de tal modo me impressionou tudo o que eu vivi nesta bela Cidade , meu BERÇO…. A lagrimazinha apareceu no canto do olho . Bem Hajas !!!
    Um abraço
    Luis Pedro Sá e Melo.

    Responder
  6. 6

    Pedro Lidington

    Gostei de rever a nossa querida cidade . Bela reportagem amigo Samuel

    Responder
  7. 5

    Sónia Luiza Campos Cunha Costa Branco Sousa Mendes

    Só tenho uma palavra KANIMAMBO!!!!

    Responder
  8. 4

    Mario Reis

    Obrigado Samuel reportagem muito LINDA da nossa Cidade adorei ver a nossa Escola Industrial (a entrada, a porta da Serralharia) assim como a estacao dos CFM e o CUBLE FERROVIARIO (onde pratiquei Ginastica Aplicada com o Sr. Julio Roncon), um grande abraco e fico a espera da proxima reportagem.

    Responder
  9. 3

    Carlos Hidalgo Pinto

    Relativamente á Escola Industrial, existiu no mesmono local um Palácio Maçónico, onde se exercia a filantropia. Posteriormente, foi encerrado pelo regime então em vigor. Os seus membros devem ter passado uns maus bocados e em termos de promoções na Administração Pública, de liberdade de expressão e de reunião.

    Quanto ao campo do clube de ténis, os acima referidos tenistas foram uns crónicos campeões, muito embora um primo meu, Luis trigo Morais tenha vencido, já na década de 70, por várias vezes, o grande campeão A. Trindade.

    A cidade vai-se transformando e a reabilitação urbana també devia ser alvo de alocação de recursos.

    Responder
  10. 2

    Nelson Silva

    Boa Samuel! Gostei do que vi. Tive pena de não me ter lembrado de te pedir, antes de partires, uma foto da esquina da 31 de Janeiro com a Augusto de Castilho, onde morei e por onde passaste, vindo da J. Serrão em direcção ao Malhanga.
    Paciência.: fica para a próxima. Fico também a aguardar a visita ao nosso bairro. Abraço.

    Responder
  11. 1

    Wanda Serra

    Adorei!!!!
    Maravilhosa reportagem Samuel.
    Parabens…….

    Beijinhos

    Responder

Deixe o seu Comentário a Pedro Lidington Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2021 - Todos os direitos reservados.

error: Content is protected !!