3 Comentários

  1. 3

    Manuel Martins Terra

    Sim António Repinga, era uma verdadeira força da natureza, a quem o atletismo lhe conferia o direito de ser o melhor fundista. Recordo com saudade, as várias vezes que me desloquei para o jardim 28 de Maio, para me situar depois no passeio da Av. 24 de Julho, assistir à prova da Légua, que tinha o nome da artéria. Tinha como lugar de partida a Rotunda e a meta colocada junto ao restaurante Piri-Piri. A prova era disputada à noite e contava com a presença de milhares de populares que se estendiam ao longo da avenida mais extensa de LM. Escusado será dizer, que já no local onde me encontrava , se ouviam os aplausos e incentivos, quando o António Repinga, corria isolado e com um avanço considerável sobre os restantes concorrentes. Quase me atrevia a dizer, que o António Repinga, quando cortava a meta, bem poderia comer um churrasco e beber uma cerveja, a tempo de esperar pelos que lá iam com muito esforço, ultrapassando a linha da meta. António Repinga, foi grande e não merecia ser traído pelo traiçoeiro acidente de que foi vitima. Paz à sua alma, campeão.

    Responder
  2. 1

    Rangel

    Quem não se lembra do grande fundista que Moçambique teve, jamais me esquecerei do grande Campeão.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2020 - Todos os direitos reservados.