2 Comentários

  1. 2

    M.Eduarda Nunes

    Parabens ao Abel, pela sua linda carreira!
    Ler esta história fez-me rejuvenescer alguns (muitos…) anos. Encontrei-me adolescente, em L.Marques, quando ia ver o football de domingo, com os meus tios. Se joguei? Nessa época não havia football feminino, mas, menina e moça, joguei com os primos e vizinhos, num terreno baldio ao lado da casa onde vivi. “Que Maria Rapaz”… dizia a minha mãe!

    Responder
  2. 1

    Manuel Martins Terra

    Mais um clã moçambicano que fez sucesso no futebol português, Abel, Zeca e o irmão mais novo, o Roma que eu conheci nos juniores do Desportivo,rumando a Portugal onde alinhou no GD de Chaves. A partir daí perdi lhe a pista. Recordo os grandes embates onde alinhava pelo Ferroviário, e os encontros anuais entre a Selecção de Moçambique e a congénere de Angola. Grandes jogadores militavam naquelas selecções, que vieram posteriormente para Portugal. Abel e Zeca , ainda tiveram o grato prazer de jogarem ao lado do rei Eusebio.Parabéns ao Abel pela data do seu aniversário e que continue a contar muitos anos de vida.

    Responder

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© BigSlam 2020 - Todos os direitos reservados.