One Comment

  1. 1

    Carlos Hidalgo Pinto

    Recordo-me do GRANDE José Arruda nos tempos de juventude, onde já revelava um saudável espírito de grupo/colectivo. No seu clube o Desportivo de L.M., agora de Maputo, o José Arruda era a ALMA DO BASQUETEBOL e conseguia unir todos à sua volta. Ele estabelecia laços de união entre todos, através da sua enorme força psicológica. Era raro entrar-se em controvérsia na sua presença. Grande Homem e é merecedor deste Prémio, devido ao seu enorme trabalho por uma causa justa. Entretanto, convém acentuar, que a seu lado, tem uma grande mulher, a Sconcas, ou Sconquinhas para os que a conheceram quando eram ainda uns esfanhanas. Parabéns José Arruda e à ADFA pela atribuição do Prémio Direitos Humanos.
    Um abraço do colega
    Carlos Pinto

    Reply

Se não tiver Facebook comente aqui!

© BigSlam 2016 - Todos os direitos reservados.